Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Desiderata


Atravessa tranquilo e sereno o barulho e o bulício e não esqueças a paz que o Silêncio traz consigo. Procura ter, se possível não renunciando a ti próprio, relações amigáveis.

Diz a tua verdade de forma serena e clara. Escuta o que os outros te dizem – também os simples e os ignorantes – pois eles também têm a sua História. Evita pessoas espalhafatosas e agressivas, que são um tormento para a mente e, principalmente, para o espírito.

Ao comparares-te com outros poderás tornar-te duro e pensares que nada vales, porque haverá sempre alguém maior ou menor que tu. Não deixes de te interessar pelo caminho que escolheste, por mais modesto que seja; - Ele é o que de mais autêntico possuis, através da mudança dos tempos.

Toma as tuas precauções nos negócios, pois o mundo está cheio de enganos e astúcias; - Mas isto não quer dizer que te tornes cego em relação à honestidade e virtude que jamais deixarão de existir!

Muitas pessoas lutam por altos ideais e, por toda a parte, a vida está cheia de heroísmos. Sê igual a ti próprio e não sejas hipócrita nas tuas relações nem cínico no amor porque, mesmo face a toda a secura e desilusão que existe no Mundo, ele é eterno como o Universo.

Aceita com carinho o conselho dos mais velhos, mas sê compreensivo com os impulsos inovadores da juventude. Suporta com amabilidade e serenidade o veredicto dos anos, renuncia com charme às coisas da juventude e não te deixes perturbar por ilusões.

Alimenta a força do Espírito, para que te proteja no infortúnio inesperado ou na desgraça súbita. Lembra-te sempre que muitos receios são, às vezes, o resultado do esgotamento e solidão.

Se necessário, ou simplesmente se te apetecer, chora, pois “as lágrimas são o sangue da alma” (Santo Agostinho).

Mesmo que sejas auto-exigente ou uma disciplina rigorosa seja o teu apanágio, sê bom para ti próprio, dentro dos limites salutares da autodisciplina. Por isso, vive em Paz com Deus, seja qual for a ideia que  
d ’Ele tenhas.

Tu és um(a) filho(a) do Universo, não menos que as árvores e as estrelas, por isso tens todo o direito de estares aqui e, quer tenhas ou não disso consciência, o curso do Universo processar-se-á, sem dúvida, segundo o Seu Plano.

Na confusão barulhenta da vida procura manter a Paz de Espírito e a Paz com a tua própria Consciência, seja qual for o sentido do teu esforço, da tua aspiração ou dos teus sonhos, nesta fatigante jornada da Vida.

Apesar da falsidade, dos desencantos e das agruras da vida, lembra-te sempre que, acima de tudo isso, o Mundo tem a sua beleza!...

Sê prudente e esforça-te por ser feliz…

[O texto "DESIDERATA" foi escrito em 1927 por Max Erman. Em 1956, o reitor da Igreja de São Paulo, em Baltimore(EUA), fez cópias mimeografadas para inspirar a sua congregação. Alguém mandou reimprimir e, sem saber em quem creditar, disse que achou na Igreja, datado de 1692. Na verdade, 1692 é a data de fundação da Igreja, que estava no papel, impresso em 1956... ( DESIDERATA: Do Latim "desideratu" - Aquilo que se deseja, anseios, aspirações...)]

Sem comentários :

Enviar um comentário