Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sud-Aviation SE-3160 Alouette III (quarta parte)

Ver  Sud Aviation SE-3160 Alouette III (terceira parte)



(continuação)






Imagens 28, 29 e 30 - Alouette III com a pintura comemorativa dos 50 anos
de operação na Força Aérea Portuguesa. Projecto e execução de autoria de
Miguel Amaral com a Esquadra 552.


Percurso em Portugal (continuação)

     No dia 20 de Abril de 2013 realizou-se nas instalações da Esquadra 552 “ZANGÕES”, sediada na Base Aérea Nº11 (BA11), em Beja, o evento comemorativo dos 50 anos de operação do helicóptero ALOUETTE III (ALIII).
     Este evento, que teve como objectivo assinalar este marco histórico, reuniu várias gerações de militares que trabalharam e trabalham com o sistema de armas ALIII e que recordaram vários momentos, histórias e tradições vividos no cumprimento das suas funções.

Imagem 31 - Logotipo comemorativo dos 50 anos do Alouette III

     Por ocasião deste dia foram efectuadas várias actividades, a destacar a apresentação do helicóptero comemorativo com uma pintura alusiva à efeméride; uma exposição estática com os helicópteros nas versões “canhão”, “evacuação médica” e “busca e salvamento”; a pré-apresentação do livro sobre os 50 anos do ALIII e o visionamento de um trailer do vídeo comemorativo.

     Ao longo das cinco décadas a frota ALOUETTE III já totalizou mais de 300.000 horas de voo distribuídas em várias missões operacionais e de instrução, sendo desde 1978 operada pela Esquadra 552, a fiel depositária de todas as tradições das Esquadras de Helicópteros Ligeiros existentes em Portugal.
     Os inúmeros feitos e contributos deste helicóptero ao serviço da Força Aérea e de Portugal, desde o início da sua operação até aos dias de hoje, permanecem na memória de muitos portugueses, quer pelas missões realizadas durante a Guerra Colonial e na manutenção de paz em Timor, quer pelas missões de interesse público, transporte táctico e formação de pilotos de helicópteros no nosso país.

     Em 18 de Junho de 2013, data em que se assinalou o aniversário da realização do primeiro voo do ALOUETTE III (ALIII) em território português, arrancaram oficialmente as comemorações dos 50 anos de operação deste helicóptero na Força Aérea Portuguesa.
     Em sessão solene presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General José Pinheiro, na qual estiveram presentes várias gerações de militares que fazem parte da longa história de sucesso do ALIII, foram destacados os momentos mais marcantes do percurso histórico desta “máquina”, realçada a sua importância e focadas as áreas de missão que, de forma tão nobre, eficiente e segura continua a desempenhar na Força Aérea.

Imagem 32 - Capa da revista "Mais Alto" nº 404,
alusiva ao 61º Aniversário da Força Aérea e ao
50º Aniversário do Alouette III.

     No dia 10 de Dezembro de 2013, a sessão de lançamento do livro “50 Anos ALOUETTE III na Força Aérea”, da autoria de Alexandre Coutinho e André Garcez (imagem 33), assinalou o encerramento das comemorações do 50º aniversário deste helicóptero ao serviço da Força Aérea.


Imagem 33 - Capa do Livro da autoria de
Alexandre Coutinho e André Garcez.


(**) Durante 50 anos, o Alouette III foi um meio aéreo fundamental para o cumprimento das missões atribuídas à Força Aérea portuguesa. Não poderemos deixar de referir, também aqui, as mais de cinco centenas de pilotos formados nesta aeronave e todo o pessoal de apoio e manutenção que deram corpo e foram a razão de ser, cada um ao seu nível de execução, do êxito da sua operação. Dignificaram assim, de forma exemplar, a Instituição e o País que serviram, em tempo de Guerra e de Paz, revelando enorme dedicação, sacrifício e competência, colocando a "Cotovia" num dos lugares de maior destaque da História da Força Aérea Portuguesa. (**)

    (***) As características do Alouette III associadas à bravura e coragem dos seus tripulantes e pessoal de apoio, demonstrados ao longo dos anos através de um inexcedível patriotismo, coragem, valor, espírito de sacrifício e sentido das mais elevadas virtudes militares, espelhados em serviços prestados de raro exemplo de abnegação, heroísmo e coragem de que resultaram excepcional honra e glória para a Pátria, ditaram o agraciamento da Esquadra 552 com as seguintes Condecorações e Louvor:

Medalha de Ouro de Valor Militar, por SExa o Presidente da República Dr. Mário Soares a 5 de Fevereiro de 1992;
Membro Honorário da Ordem do Infante D. Henrique, por SExa o Presidente da República Dr. Jorge Sampaio a 9 de Junho de 2004;
Louvor à Esquadra 552, por SExa o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Luís Evangelista Esteves de Araújo, a 15 de Novembro de 2010.

     Actualmente, a Esquadra 552 é responsável pela formação de Pilotos de Helicópteros para a Força Aérea e Marinha, garantindo um destacamento permanente no Aeródromo de Manobra Nº1 (AM1), em Ovar, para Busca e Salvamento (SAR) e Evacuações Médicas (MEDEVAC).


Imagem 34

     Bem revelador de todas as qualidades anteriormente referidas, é o lema pelo qual se continuam a reger todos os que ainda mantêm operacional o Alouette III...


"...Em Perigos e Guerras Esforçados..."   (***)



Observação: 
     Ao executar estes quatro artigos (posts) sobre a história do Sud-Aviation SE-3160 Alouette III ao serviço da Força Aérea Portuguesa, não pretendi, de forma alguma, fazer uma descrição histórica exaustiva.
     Estes artigos salientam as fases ou períodos principais desta aeronave. Para uma leitura mais pormenorizada e exaustiva sobre a história do Alouette III em Portugal, recomendo a leitura do livro acima referido (Imagem 33), assim como os números 404 e 405 da revista "Mais Alto", de Julho / Agosto e Setembro / Outubro de 2013, respectivamente. (o autor



Fontes (quarta parte):
- Imagens 28, 29, 30, 33 e 34: Cortesia de  EMFA - Estado-Maior da Força Aérea;
- Imagens 31 e 32: "Mais Alto" - Revista da Força Aérea Portuguesa, nº 404, Julho / Agosto de 2013, EMFA, Alfragide;
Texto: Cortesia de  EMFA - Estado-Maior da Força Aérea - Esquadra 552; - Entre (**): Mário Diniz e Dr. Luís Proença no artigo sob o título "ALOUETTE III, Período pós-Guerra do Ultramar, 1976-2103", publicado na "Mais Alto", Revista da Força Aérea Portuguesa nº 405, de Setembro / Outubro de 2013, EMFA, Alfragide; - Entre (***): Cortesia de  EMFA / Esquadra 552 "Zangões".

Sem comentários :

Enviar um comentário