Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Costa Rica

República de Costa Rica
República da Costa Rica


Bandeira
Brasão de Armas




















Localização:
América, América Central, América Latina.
País mega-diverso (faz parte do conjunto de países que albergam o maior índice de biodiversidade da Terra).


Origem / Pequeno resumo histórico:
     A Costa Rica foi descoberta e, provavelmente, baptizada por Cristóvão Colombo, na sua quarta viagem à América, em 1502. Haviam na região cerca de trinta mil indígenas, divididos em três grupos: güetares, chorotegas e borucas. Encontrados os primeiros indícios de ouro, usado em ornamentos indígenas, os espanhois planearam um núcleo de colonização sob o comando de Bartolomé Colombo, irmão do descobridor. Expulsos logo a seguir pelos indígenas, só conquistaram a região em 1530.
     Antes de se tornar uma província da capitania-geral da Guatemala, em 1540, Costa Rica chamava-se Nova Cartago. Os limites de fronteira foram fixados entre 1560 e 1573.
     A Costa Rica tornou-se independente em 15 de Setembro de 1821 e três anos depois uniu-se, por pouco tempo, ao México. Em 1824 passou a integrar a Federação Centro-Americana, dissolvida em 1838. Nessa época teve início a exportação de café para a Europa, e San José viveu um período de intenso crescimento e prosperidade.
     Durante a administração do general Tomás Guardia, que governou despótica mente o país entre 1870 e 1882, a Costa Rica atingiu notável desenvolvimento económico. Incrementou-se o comércio de açúcar e café, construíram-se caminhos de ferro e abriram-se portos para escoar a produção.
     As plantações de banana, controladas a partir de 1899 pela United Fruit Co., passaram a rivalizar em importância económica com as plantações de cana-de-açúcar e café. Em 1890 José Joaquín Rodríguez foi eleito presidente. A sua eleição foi considerada a primeira inteiramente livre e sem fraudes na América Latina, inaugurando uma tradição de democracia na Costa Rica.
     Ao longo da década de 1980, a Costa Rica preservou o seu regime político, baseado no poder civil legitimado por eleições mas, infelizmente, enredou-se em problemas económicos e financeiros, dos quais o mais premente foi a dívida externa. No início da década, o país gastava 50% de sua receita de exportação com as despesas financeiras geradas pela dívida. Em Maio de 1986 o governo chegou a anunciar uma moratória temporária sobre os juros da dívida externa. No ano seguinte lançou um programa de austeridade para tentar salvar as finanças nacionais.
     A posição internacional da Costa Rica, que manteve alto grau de independência em relação aos grandes blocos de poder, deu-lhe condições de actuar com bons resultados no âmbito regional. O presidente Óscar Arias Sánchez, eleito em 1986, teve papel de destaque na mediação das guerras civis na Nicarágua e em El Salvador. Pelo seu esforço foi-lhe concedido o Prémio Nobel da Paz em 1987.
     Em 1989 realizou-se em San José a primeira reunião de cúpula inter-americana em 22 anos, para comemorar o centenário da democracia na Costa Rica.


Cultura:
Música - A música da Costa Rica está representada por expressões musicais como tambito, parrandera, vals, bolero, cuadrilla, o calipso, chiquichiqui, mento. Todos eles surgiram a partir dos processos migratórios e dos intercâmbios históricos entre indígenas, europeus e africanos. Alguns instrumentos típicos são o quijongo, marimba, as ocarinas, bajo de cajón, sabak, flautas de cana, acordeão, o bandolim e a guitarra.
Gastronomia - A culinária da Costa Rica é conhecida por ser saborosa e bastante suave, incluindo muitos frutos e vegetais. O acompanhamento principal consiste de arroz e feijão preto, o qual, em muitos lares, é comido nas três refeições do dia, não só na Costa Rica como também em outros países da América Central.
     Ao pequeno-almoço, o prato nacional tradicional da Costa Rica é o chamado gallo pinto, que consiste de arroz, feijão (em geral preto, mas por vezes também vermelho), coentros, pimentão e cebola misturados, e, por vezes, ligeiramente fritos. Um molho local chamado Salsa Lizano (também conhecido como salsa inglesa) é usado com frequência, a fim de dar um toque de especiarias ao prato. Sobressai especialmente o sabor dos cominhos. Por vezes acrescentam-se natas azedas à mistura, para variar.
     A bebida tradicional do pequeno-almoço, além do café, é a chamada água Dulce (água doce), e é feita a partir de açúcar amarelo bem forte. O açúcar é derretido e esculpido em secções cónicas com a ponta retirada, após o que parte deste "dulce" é raspado e diluído em água fervente para fazer a água dulce.
     Para o almoço, o prato nacional tradicional tem o nome de casado. Consiste em arroz e feijão, embora, desta vez, não sejam misturados. Geralmente é acompanhado de algum tipo de carne (carne assada, peixe ou galinha) e uma salada para completar. Também pode haver acompanhamentos como bananas-de-são-tomé fritas ou queijo fresco. As bebidas tradicionais chamam-se refrescos, e consistem de frutos liquidificados, dissolvidos em água ou leite e adoçados ao gosto de cada um, existindo muitas variedades.
     Café, banana e cebola são os três principais produtos agrícolas para exportação no país, e também fazem parte da culinária local. O café é geralmente servido ao pequeno-almoço e durante as tradicionais pausas para café da tarde, normalmente cerca das 3 horas da tarde.
     Outros alimentos costa-riquenhos são tortilhas, queijo fresco e picadillos. As tortilhas são usadas como acompanhamento de muitas refeições, e os ticos costumam encher as suas tortilhas com o que quer que estejam a comer, criando assim um gallo.
     Os vegetais mais comuns são batata, feijão verde, abóbora, ayote, chayote e arracache. Geralmente, os picadillos são comidos como gallos.


Principais recursos naturais:
Ouro, prata, bauxite, manganésio e magnetite.


Datas comemorativas:
Dia da independência - 15 de Setembro - Celebra a data em que foi declarada a independência, da Espanha, em 1821;


Dia do encontro das Culturas - 12 de Outubro - Celebra a data da descoberta da América por Cristóvão Colombo, em 1492.



Símbolos nacionais:
Bandeira Nacional;
Brasão de Armas;
Hino Nacional –  Noble patria, tu hermosa bandera ("Nobre pátria, tua linda bandeira").


Lema:
Vivan siempre el trabajo y la paz!
("Vivam sempre o trabalho e a paz!")


Vista parcial de San José, capital da Costa Rica


Capital:                                                                                   Língua oficial:
San José                                                                                 Castelhano


Moeda oficial:                                                                         Tipo de Governo:
Colón CRC                                                                            República Presidencialista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
2 de Novembro de 1945


Organizações / Relações internacionais:
  • ONU - Organização das Nações Unidas;
  • CIDH - Tribunal Inter-Americano de Direitos Humanos;
  • ACHR - Convenção Americana para os Direitos Humanos;
  • AEC - Associação dos Estados das Caraíbas;
  • BCIE - Banco Centro-Americano de Integração Económica;
  • CD - Comunidade das Democracias;
  • CELAC - Comunidade dos Estados Latino-Americanos e das Caraíbas;
  • CI-A - Conferência Ibero-Americana;
  • CLAD- Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento;
  • COI - Comité Olímpico Internacional;
  • FPIA - Fórum Parlamentar Ibero Americano;
  • Grupo dos 77 - Nações em desenvolvimento;
  • INTERPOL - Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • ICO - Organização Internacional do Café;
  • IPU - União Inter-Parlamentar;
  • IRENA - Agência Internacional para as Energias Renováveis;
  • IUCN - União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais;
  • MCCA - Mercado Comum Centro-Americano;
  • MIGA - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA - Movimento dos Países Não-Alinhados (membro observador);
  • ODECA - Organização de Estados Centro Americanos;
  • OEA - Organização dos Estados Americanos;
  • OIM - Organização Internacional para as Migrações;
  • OLADE - Organização Latino-Americana de Energia;
  • OMC - Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW - Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • PCA - Tribunal Permanente de Arbitragem;
  • SICA - Sistema de Integração Centro Americana;
  • TPI - Tribunal Penal Internacional;
  • UL - União Latina;
  • WCO - Organização Mundial das Alfândegas;
  • GR - Grupo do Rio;
  • OEI - Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, Ciência e Cultura;
  • RAMSAR - Convenção sobre as Zonas Húmidas de Importância Internacional;
  • WIPO - Organização Mundial da Propriedade Intelectual.


Património Mundial (UNESCO):
  • Reservas da Cordilheira de Talamanca - La Amistad / Parque Nacional La Amistad (1983, 1990) (Sítio transfronteiriço partilhado com o Panamá);
  • Parque Nacional da Ilha do Coco (1997, 2002);
  • Zona de Conservação de Guanacaste (1999, 2004).

Vista parcial do Parque Nacional da Ilha do Coco (UNESCO)


Património Oral e Imaterial da Humanidade (UNESCO):
  • Oxcart ou carreta, tradições da Costa Rica (2008) - O carro de boi tradicional, ou carreta, é o produto do mais famoso artesanato da Costa Rica. Datado do século XIX, carros de bois foram usados para transportar os grãos de café do vale da Costa Rica central sobre as montanhas para Puntarenas, na costa do Pacífico, uma jornada que exige de dez a quinze dias. Os carros de bois usam rodas spokeless, um híbrido entre o disco utilizado pelos astecas e a roda com raios introduzida pelos espanhóis, a fim de permitir rodar no meio da lama, sem ficar presa. Em muitos casos, os carros de bois eram o único meio de transporte de uma família, que muitas vezes serviu como símbolo de status social. A tradição da pintura e decoração dos carros de bois começou no início do Século XX. Originalmente, cada região da Costa Rica teve o seu próprio projecto especial, possibilitando a identificação da origem do motorista, pelos padrões pintados nas rodas.

Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre

Sem comentários :

Enviar um comentário