Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Gabão

République Gabonaise
República Gabonesa


Bandeira


Brasão de Armas





















Localização:
África, África Central, África Subsariana


Origem / Pequeno resumo histórico:
     Os primeiros europeus a chegarem ao actual Gabão, no Século XV, foram comerciantes portugueses, que deram ao território o nome de "Gabão" (uma espécie de casaco, cujo formato lembrava o do estuário na foz do Rio Komo). A costa gabonesa tornou-se um entreposto de escravos. No século seguinte chegaram comerciantes holandeses, britânicos e franceses.
     A França assumiu o estatuto de "protectora" do território após assinar tratados com os chefes tribais locais em 1839 e 1841. No ano seguinte, missionários norte-americanos estabeleceram uma missão em Baraka (a actual cidade de Libreville, capital do país). Em 1849, os franceses capturaram um navio de escravos e libertaram-nos na embocadura do Rio Komo. Os escravos libertos baptizaram o assentamento de Libreville ("cidade livre", em francês).
     Os exploradores franceses exploraram as densas selvas do Gabão entre 1862 e 1887. A França ocupou formalmente o Gabão em 1885 mas só começou efectivamente a administrá-lo em 1903.
     Em 1910, o Gabão tornou-se um dos territórios da África Equatorial Francesa, uma federação que existiu até 1959. Os territórios tornaram-se independentes a 17 de Agosto de 1960, dando origem à República Centro-Africana, ao Chade, ao Congo-Brazzaville e ao Gabão.
     O primeiro presidente eleito do país foi Leon M'Bá, em 1961. Quando M'Bá morreu, em 1967, foi substituído por Omar Bongo, que governou até sua morte, em 2009, ostentando o recorde de governante durante mais tempo no poder num país africano.

Cultura:
     Apesar de sua pequena população, o Gabão este país africano possui diversos grupos étnicos Bantu e uma pequena população de Pigmeus.
     Quase toda a população do Gabão, estimada em cerca de 1.208.436 pessoas, é de etnia bantu. O país tem cerca de 40 grupos étnicos com línguas e culturas separadas. O maior de todos estes grupos é o fang. Outros grupos incluem os myene, bandjabi, eshiras, bapounous e okandé.
     A língua francesa é um factor de coesão do país. Mais de 10 mil franceses vivem no Gabão, e as influências culturais e comerciais da França predominam.


Principais recursos naturais:
Petróleo, ouro, manganés, ferro, madeira, urânio e gás natural.


Datas comemorativas:
Dia da Independência - 17 de Agosto - Celebra a data da independência, da França, em 1960.



Símbolos nacionais:
Bandeira nacional;
Brasão de Armas;
Hino Nacional - "La Concorde" (“A Concórdia”);
Insígnia da Força Aérea do Gabão.


Insígnia da Força Aérea do Gabão


Lema:
"Union, Travail, Justice" ("União, Trabalho, Justiça")


Libreville, capital do Gabão


Capital:                                                            Língua oficial:
Libreville                                                         Francês


Moeda oficial:                                                 Tipo de Governo:
Franco CFA                                                      República presidencialista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
20 de Setembro de 1960


Organizações / Relações internacionais:

  • ONU - Organização das Nações Unidas);
  • CEEAC - Comunidade Económica dos Estados da África Central;
  • CEMAC - Comunidade Económica e Monetária da África Central;
  • COI - Comité Olímpico Internacional;
  • Grupo dos 77 - Nações em desenvolvimento;
  • ICO - Organização Internacional do Café;
  • INTERPOL - Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • IPU - União Inter-Parlamentar;
  • IRENA - Agência Internacional para as Energias Renováveis;
  • IUCN - União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais;
  • ICDO - Organização Internacional de Protecção Civil;
  • MIGA - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA - Movimento dos Países Não-Alinhados;
  • OCI - Organização da Conferência Islâmica;
  • OIF - Organização Internacional da Francofonia;
  • OIM - Organização Internacional para as Migrações;
  • OMC - Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW - Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • TPI - Tribunal Penal Internacional;
  • UA - União Africana;
  • UIC - União Internacional dos Caminhos-de-Ferro;
  • UIHJ - União Internacional dos Oficiais de Justiça;
  • WCO - Organização Mundial das Alfândegas;
  • ZPCAS - Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul;
  • ANWFZ - Tratado Africano para a Formação de uma Zona Livre de Armas Nucleares.


Património Mundial (UNESCO):
  • Ecossistema e Paisagem Cultural Relíquia de Lopé - Okanda (2007).

Panorama da Paisagem Cultural Relíquia de Lopé - Okanda (UNESCO)


Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre