Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Gâmbia

Republic of the Gâmbia
República da Gâmbia



Bandeira

Brasão de Armas





















Localização:
África, África Ocidental, África Subsariana


Origem / Pequeno resumo histórico:
     Gâmbia formou parte do Império do Gana assim como do Império Songhai. Os primeiros testamentos escritos que se conhecem da região provêm de alguns textos escritos por comerciantes árabes nos Séculos IX e X, quando estes criaram uma rota comercial, que comercializavam escravos, ouro e marfim. No Século XV os portugueses herdaram este comércio, estabelecendo uma rota através do Império Mali, que fazia parte desta zona.
     Em 1588, António, Prior do Crato, neto do Rei de Portugal D. Manuel I, vendeu os direitos de exclusividade de comércio na região do Rio Gâmbia aos ingleses, direitos que foram confirmados pela Rainha Elizabeth I.
     No ano de 1618 o rei inglês Jaime I deu a concessão de comércio na região de Gâmbia e da Costa do Ouro a uma companhia inglesa. Entre 1651 e 1661, partes da actual Gâmbia estiveram sob domínio da Curlândia, na época do príncipe Jacob Kettler, vassalo da Polónia-Lituânia.
     Desde o final do Século XVII e durante todo o Século XVIII a região dos rios Senegal e Gâmbia foi alvo da disputa entre ingleses e franceses. Em 1783 o Tratado de Versalhes deu a posse do rio Gâmbia aos ingleses, mas os franceses retiveram um enclave na região que só foi cedido ao Reino Unido em1857. Mais de 3 milhões de escravos foram enviados desta região para as colónias na América.
     Em 1807, a escravidão foi abolida no Império Britânico, para tentar que os britânicos terminassem com o comércio de escravos na Gâmbia. Para isso, criaram o posto militar de Bathurst (actual Banjul) em 1816. Nos anos seguintes, Banjul estava submetida à jurisdução do governador britânico da Serra Leoa. Em 1888, a Gâmbia converteu-se numa colónia autónoma e, um ano mais tarde, em colónia real.
    A Gâmbia ficou independente do Reino Unido em 1965. Em 1970, Dawda Jawara tornou-se no primeiro presidente do novo estado e foi reeleito em 1972 e 1977. Depois da independência, a Gâmbia melhorou o seu desenvolvimento económico graças aos preços da sua principal matéria de exportação, o amendoim, e ao desenvolvimento do turismo internacional.
     Em 1982, juntamente com o Senegal, a Gâmbia formou a Confederação Senegâmbia. O presidente Jawara foi derrotado em 1994 por Yahya Jammeh, que estabeleceu uma ditadura. Jammeh foi reeleito em 2001 e derrogou a lei que proibia a existência de partidos opositores.
     Em 23 de Novembro de 2010,a Gâmbia rompe todas as suas relações diplomáticas, económicas e políticas com a República Islâmica do Irão.


Cultura:
Culinária - Superkanja ou "supa kanja", "supakanja", ou ainda "kanjadaa" é um guisado típico da Gâmbia, onde “kanja” é a palavra local para quiabo e “supa” pode vir do português sopa. Mais para sul, da Libéria à Nigéria, o prato equivalente chama-se “palaver sauce”, que inclui outro termo que pode ter origem portuguesa (o termo “palaver” significa uma grande discussão).
Começa por se saltear carne cortada em óleo de palma (ou outro), junta-se cebola, pimento e malagueta cortados e deixa-se tomar o gosto; acrescenta-se peixe seco ou fumado e demolhado, cortado em pedaços e opcionalmente peixe fresco, vegetais cortados (espinafre ou folhas de feijão, repolho, couve verde, quiabo), água suficiente para cozer tudo e tempera-se a gosto. Deixa-se ferver em lume brando até todos os ingredientes estarem cozidos e a água reduzida até à consistência desejada. Pode ainda acrescentar-se um pouco de óleo de palma e deixa-se apurar. Serve-se com arroz branco.
O “palaver sauce” pode ainda levar tomate e egusi (pevides de abóbora) e ser servido com fufu ou outro farináceo.


Principais recursos naturais:
Argila, titânio e zircónio (em pequenas quantidades).


Datas comemorativas:
Dia da Independência - 18 de Fevereiro - Celebra a data da independência, do Reino Unido, em 1965.



Símbolos nacionais:
Bandeira Nacional;
Brasão de Armas;
Hino Nacional - "For The Gambia, Our Homeland" - (“Pela Gâmbia, Nosso Lar”).


Lema:
"Progress, Peace, Prosperity" - ("Progresso, Paz, Prosperidade").



Imagem de Banjul, capital da Gâmbia


Capital:                                                           Língua oficial:
Banjul                                                             Inglês


Moeda oficial:                                                 Tipo de Governo:
Dalasi (GMB)                                                    República presidencialista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
21 de Setembro de 1965


Organizações / Relações internacionais:
  • ONU - Organização das Nações Unidas;
  • CEDEAO - Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental;
  • CEN-SAD - Comunidade dos Estados Sahelo-Saharianos;
  • COI - Comité Olímpico Internacional;
  • Grupo dos 77 - Nações em desenvolvimento;
  • AALCO - Associação Jurídica Consultiva Afro-Asiática;
  • INTERPOL - Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • IPU - União Inter-Parlamentar;
  • IRENA - Agência Internacional para as Energias Renováveis;
  • MIGA - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA - Movimento dos Países Não-Alinhados;
  • OCI - Organização da Conferência Islâmica;
  • OIM - Organização Internacional para as Migrações;
  • OMC - Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW - Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • TPI - Tribunal Penal Internacional;
  • UA - União Africana;
  • WAMZ - Zona Monetária do Oeste Africano;
  • WCO - Organização Mundial das Alfândegas;
  • ZPCAS - Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul;
  • ANWFZ - Tratado Africano para a Formação de uma Zona Livre de Armas Nucleares.


Património Mundial (UNESCO):
  • Ilha James e sítios associados (2003);
  • Círculos de pedra da Senegâmbia - Monumentos megalíticos (2006) (sítio partilhado com o Senegal).

Círculos de pedra da Senegâmbia (UNESCO)


Património Oral e Imaterial da Humanidade (UNESCO):
  • O Kankurang, ritual de iniciação mandinga (2008) (Partilhado com o Senegal).


Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre.

Sem comentários :

Enviar um comentário