Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dia Mundial da Poesia





O Dia Mundial da Poesia é celebrado anualmente no dia 21 de Março.


Origem:
     Tendo como primeiro objectivo a defesa da diversidade linguística, a UNESCO decidiu proclamar o dia 21 de Março como o Dia Mundial da Poesiana 30ª Conferência Geral da UNESCO, em 16 de Novembro de 1999.


     O Dia Mundial da Poesia celebra a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. A data visa fazer uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa. Neste dia realizam-se várias actividades pelo país, sobretudo nas escolas, bibliotecas e espaços culturais.

     A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de percepção e de compreensão do mundo.
     A história portuguesa apresenta muitos poetas cuja obra literária é mundialmente conhecida. Luís de Camões, Fernando Pessoa, António Nobre, Florbela Espanca, José Régio, Florbela Espanca, Natália Correia, Eugénio de Andrade, Cesário Verde, Miguel Torga, Sophia de Mello Breyner Andersen, são alguns dos poetas portugueses mais conhecidos.  

     A poesia contribui para a diversidade criativa, ao questionar de maneira sempre renovada o modo como usamos as palavras e as coisas, e as nossas formas de perceber e interpretar a realidade. Por meio das suas associações e metáforas, e pela própria gramática, a linguagem poética constitui, pois, outra faceta possível do diálogo entre culturas.

"Todos os anos, em 21 de Março, a UNESCO celebra o Dia Mundial da Poesia e convida-nos a reflectir sobre o poder da linguagem poética e e o desenvolvimento das capacidades criativas de cada pessoa. De acordo com a decisão da UNESCO, o principal objectivo desta acção é apoiar a diversidade linguística através da expressão poética e proporcionar uma oportunidade para as línguas em perigo de extinção como um veículo de comunicação artística nas suas comunidades."
 = Organização das Nações Unidas =


Nada melhor que homenagear a poesia neste dia, publicando um poema:


Tempo


O que o tempo faz ao homem
Chamamos tempo de vida,
Mas existe o contratempo
Do homem ter uma vida
Onde não passa o tempo,
Pois é o homem que passa
Pelo tempo da sua vida.

De momento a momento
O homem passa e repassa
Sem alterar o seu tempo;
- Tempo marcado e marcante
De uma vida inconstante
Que se vive num instante!

Marcada por este momento
Em que escrevo este tormento
De palavras em poesia!

Não era isto que eu queria,
Mas saiu em turbilhão,
Rápida e espontaneamente,
Da mente para o coração
E do coração para a mente,
Surgindo em catadupa
Na ponta de uma caneta!

Destas palavras resulta
Um breve apontamento
Sobre a passagem do tempo
De uma vida que não é treta!
E não tenho que dar desculpa
Sobre o mau comportamento
Desta minha caneta!
  
Carlos Gonçalves Pedro

(Dia Mundial da Poesia)