Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Malta

Repubblika ta' Malta
Republic of Malta
República de Malta


Bandeira
Brasão de Armas









































Localização:
Europa, Europa Ocidental, Europa Meridional.
Micro-estado, Nação Transcontinental.



Origem / Pequeno resumo histórico:
Etimologia - A origem do termo "Malta" é incerta, e a variação moderna deriva do próprio maltês. A razão etimológica mais comum deriva da palavra grega μέλι (meli). Os gregos chamavam a de ilha Μελίτη (Melitē), que significa "mel doce", possivelmente devido à produção exclusiva de mel em Malta, por uma espécie endémica de abelha que vive na ilha, dando-lhe o apelido popular de "terra do mel". Os romanos chamaram-lhe ilha Melita. Outra etimologia é que a palavra venha do fenício Maleth, que significa "paraíso", em referência às muitas baías enseadas de Malta.

A Ilha de Cominotto e a sua Lagoa Azul


História - Malta é habitada, aproximadamente, desde 5200 a.C.. O país é composto por 11 ilhas e ilhotas, algumas sem população. Os primeiros achados arqueológicos datam aproximadamente de 3800 a.C. Existiu nas ilhas uma civilização pré-histórica significativa antes da chegada dos fenícios, que baptizaram a ilha principal de Malat, que significa "refúgio seguro". 
A ilha de Malta, assim como outras ilhas do Mediterrâneo, possui uma história rica, passando por muitas invasões e domínios desde a pré-história até à idade contemporânea.
Ao longo da sua história, a localização de Malta proporcionou grande importância estratégica a uma sucessão de potências, incluindo fenícios, gregos, romanos, árabes, normandos, aragoneses, Espanha dos Habsburgos, Cavaleiros de São João, franceses e britânicos. Malta ganhou a sua independência do Reino Unido em 1964 e tornou-se uma república em 1974, mantendo a sua associação na Commonwealth.



Ilhota de Filfla

Cultura:
A cultura de Malta reflecte as influências variadas das várias culturas que a dominaram até 1964, particularmente da Itália e do Reino Unido.
Na catedral de São João, construída em 1577, pode apreciar-se a tela "A Decapitação de São João", de Caravaggio, que viveu alguns meses na ilha, sendo expulso sob a acusação de homicídio.
Na sede do Governo, localizado no antigo Palácio do Grão-Mestre do Armoria, podem-se apreciar mais de 5 mil quadros da Ordem Soberana e Militar de Malta. Na capital, Valeta, localiza-se o Museu de Belas Artes, o Museu de Arqueologia, o Forte de Santo Elmo e o Museu da Inquisição.
O Museu Marítimo e o Museu do Grande Sítio, de 1565, revelam o passado turbulento das pequenas ilhas. O Museu Nacional da Guerra e do Refúgio apresenta passagens e recordações da Segunda Guerra Mundial.
Literatura - Calcula-se que a literatura maltesa tenha quase dois séculos de existência. Durante um longo período a literatura maltesa teve grande tradição, atingindo o seu apogeu com os trabalhos do sacerdote Dun Karm Psaila, um artista com grande domínio na sua arte, que mais tarde foi declarado poeta nacional.
Gastronomia - A cozinha maltesa nasceu da relação de longo prazo entre malteses e espanhóis, que governaram o arquipélago. A fusão de sabores deu à cozinha de Malta um sabor distinto dentro da cozinha mediterrânica. Embora tenha muitos pratos originais, muitas receitas também possuem uma forte influência da culinária italiana (especialmente da Sicília) e turca. Alguns pratos típicamete malteses são o biz-fiir zejt, gbejniet pastizzi e Ross il-Forn.



Praia na Ilha de Gozo


Principais recursos naturais:
Calcário e sal.


Datas comemorativas:
Dia da Liberdade31 de Março – Celebra-se o aniversário da retirada do Exército e da Marinha Real britânica de Malta, em 1979;



Dia Nacional 21 de Setembro – Celebra a data da independência, do Reino Unido, em 1964;



Dia da República13 de Dezembro – Celebra a data em que a Constituição de Malta foi alterada, transformando a antiga colónia britânica numa república dentro da Commonwealth.

Símbolos nacionais:
Bandeira Nacional;
Brasão de Armas;
Hino NacionalL-Innu Malti;
Insígnia da Força Aérea de Malta.

Insígnia da Força Aérea de Malta


Capital:                                                           Língua oficial:
Valeta                                                              Maltês e Inglês


Imagens de Valeta, capital de Malta


Moeda oficial:                                                 Tipo de Governo:
Euro (EUR)                                                       República parlamentarista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
1 de Dezembro de 1964


Data de admissão como membro da União Europeia (EU):
1 de Maio de 2004


Data de admissão na União Monetária Europeia (Zona Euro):
1 de Janeiro de 2008


Organizações / Relações internacionais:
  • ONU – Organização das Nações Unidas;
  • EU – União Europeia;
  • AG – Grupo Austrália;
  • AOSIS – Aliança dos Pequenos Estados Insulares;
  • APCE – Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa;
  • CoE – Conselho da Europa;
  • COI – Comité Olímpico Internacional;
  • Commonwealth of Nations – Comunidade de Nações;
  • ICDO – Organização Internacional de Protecção Civil (membro observador);
  • ICO – Organização Internacional do Café;
  • INTERPOL – Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • IPU – União Inter-Parlamentar;
  • IRENA – Agência Internacional para as Energias Renováveis;
  • IRU – União Internacional de Transportes Rodoviários;
  • MIGA – Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA – Movimento dos Países Não-Alinhados;
  • OIM – Organização Internacional para as Migrações;
  • OIV – Organização Internacional da Vinha e do Vinho;
  • OMC – Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW – Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • OSCE – Organização para a Segurança e Cooperação na Europa;
  • PCA – Tribunal Permanente de Arbitragem;
  • PSIWMD – Iniciativa de Segurança contra a Proliferação de Armas de Destruição Maciça;
  • RAMSAR – Convenção sobre as Zonas Húmidas de Importância Internacional;
  • TPI – Tribunal Penal Internacional;
  • UME – União Monetária Europeia;
  • UPM – União para o Mediterrâneo;
  • WCO – Organização Mundial das Alfândegas;
  • WIPO – Organização Mundial da Propriedade Intelectual.


Património Mundial (UNESCO):
  • Hipogeu de Hal Saflieni (1980) - É o único templo subterrâneo pré-histórico conhecido. Foi escavado cerca de 2500 a.C., tendo como primeira finalidade a de servir de santuário. Mais tarde serviu como necrópole.

Câmara do santuário do Hipogeu de Hal Saflieni (UNESCO)


  • Templos Megalíticos de Malta (1980, 1992) - Os Templos Megalíticos de Malta são um vasto conjunto de templos espalhados por todo o país num total de 23, construídos em distintos períodos de tempo, entre 3600 a.C. e 700 a.C.


Templo megalítico de Buġibba (UNESCO)


  • Cidade antiga de Valeta (1980).

Cidade antiga de Valeta (UNESCO)


Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre

Sem comentários :

Enviar um comentário