Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Guiana

Co-operative Republic of Guyana
República Cooperativa da Guiana



Bandeira
Brasão de Armas



















Localização:
América, América do Sul, Guianas.


Origem / Pequeno resumo histórico:
     Explorada por navegantes espanhóis a partir de 1499, a Guiana passou a ser ocupada por holandeses no início do Século XVII. Em 1814, a Holanda cedeu a região aos ingleses, que a baptizaram oficialmente de Guiana Inglesa em 1831. As autoridades coloniais, diante das dificuldades encontradas para recrutar trabalhadores entre os indígenas, decidiram substituí-los por escravos negros. Com a abolição da escravatura em 1837, os trabalhadores indianos substituíram os negros nas plantações do interior.
     Cheddi Jagan fundou em 1950 o Partido Progressista Popular, grupo político formado principalmente pela população de origem mestiça, e apresentou um programa de profundas reformas sociais ao mesmo tempo em que se mostrava partidário da independência. O Congresso Nacional Popular, partido dos negros, dirigido por Forbes Burnham, menos radical, conseguiu o apoio da população branca, formada principalmente por descendentes de ex-trabalhadores contratados, vindos da Ilha da Madeira no Século XIX. Jagan ganhou as eleições de 1961, mas vários distúrbios de carácter racial retardaram a Independência. Jagan venceu novas eleições em 1964. Pouco depois, o governador inglês nomeou Burnham como primeiro-ministro.
Em 1966 o país alcançou sua Independência dentro da Commonwealth.


Cultura:
     Muitos indo-guianenses seguem o hinduísmo e o islamismo. Assim, é comum encontrar templos hindus e mesquitas muçulmanas. Os guianenses que seguem estas religiões cultivam os hábitos dos demais hindus e muçulmanos do mundo. Alguns afro-guianenses, devido à influência jamaicana no mundo no que se trata do estilo rastafári, usam cabelos dread locks e gostam de ouvir música reggae.
     First Born é uma banda de sucesso no país, actualmente. Falando em reggae, muitos já ouviram falar em Eddy Grant, cantor conhecido mundialmente pelas canções, "I don't wanna dance" e "Gimme hope, Joanna, gimme hope", além de muitas outras, nasceu na Guiana.
     Trinidad e Tobago exerce influência no país através do Calipso, estilo musical afro-caribenho.
O Carnaval guianense é repleto de concursos de cantores de calipso e seu mais novo estilo, o soca. Os afro-guianenses, em sua maioria, são praticantes do cristianismo, sendo membros de várias denominações, desde a católica até à protestante.

Desporto - Ao contrário do resto da América do Sul, que possui preferência absoluta pelo futebol, a maioria dos guianenses prefere o críquete, desporto muito popular nas Caraíbas. O país foi sede dos jogos da Copa do Mundo de Críquete em 2007. A Guiana e os demais países de língua inglesa das caraíbas formam uma das mais importantes selecções de críquete, o West Indies.


Principais recursos naturais:
Bauxite, madeira, ouro e diamantes.


Datas comemorativas:
Dia da República - 23 de Fevereiro - Celebra a data da Constituição da República, em 1970;


Dia da Independência - 26 de Maio - Celebra a data da independência, do Reino Unido, em 1966.



Símbolos nacionais:
Bandeira Nacional;
Brasão de Armas;
Hino Nacional - Dear Land of Guyana, of Rivers and Plains (Querida Terra da Guiana, de Rios e Planícies);
Insígnia da Força Aérea da Guiana.

Insígnia da Força Aérea da Guiana


Lema:
One People, One Nation, One Destiny - ("Um Povo, Uma Nação, Um Destino")



Edifício do Parlamento em Georgetown



Capital:                                                                         Língua oficial:
Georgetown                                                                Inglês


Moeda oficial:                                                               Tipo de Governo:
Dólar guianense (GYD)                                               República semi-presidencialista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
20 de Setembro de 1966


Organizações / Relações internacionais:

  • ONU - Organização das Nações Unidas;
  • AEC - Associação dos Estados das Caraíbas;
  • AOSIS - Aliança dos Pequenos Estados Insulares;
  • CARICAD - Centro para o Desenvolvimento e Administração das Caraíbas;
  • CARICOM - Comunidade das Caraíbas;
  • CDS - Conselho de Defesa Sul-Americano;
  • CELAC - Comunidade dos Estados Latino-Americanos e das Caraíbas;
  • COI - Comité Olímpico Internacional;
  • Commonwealth of Nations - Comunidade das Nações;
  • CRNM - Mecanismo Regional de Negociações das Caraíbas;
  • Grupo dos 77 - Nações em desenvolvimento;
  • INTERPOL - Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • MIGA - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA - Movimento dos Países Não-Alinhados;
  • OCI - Organização da Conferência Islâmica;
  • OEA - Organização dos Estados Americanos;
  • OIM - Organização Internacional para as Migrações;
  • OLADE - Organização Latino-Americana de Energia;
  • OMC - Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW - Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • OTCA - Organização do Tratado de Cooperação Amazónica;
  • PCA - Tribunal Permanente de Arbitragem;
  • TPI - Tribunal Penal Internacional;
  • UNASUL - União das Nações Sul-Americanas;
  • WCO - Organização Mundial das Alfândegas.

Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre