Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Kailash Satyarthi

Pensamento do Dia



“(...) Olhei para os seus olhos assustados e exaustos, segurei os seus corpos feridos nos meus braços e senti os seus espíritos destroçados.
(...) Lembro-me de uma menina de 8 anos, resgatada do mercado laboral, numa pedreira. Ela estava sentada comigo no meu carro, logo após ter sido salva, e perguntou-me: "Porque não veio mais cedo?". A perguntada zangada dela ainda me deixa abalado, e tem o poder de abalar o mundo inteiro.
Que estamos a fazer? Porque esperamos? Precisamos de uma acção colectiva com carácter de urgência. Cada minuto conta! Cada criança conta! Cada infância conta! Não há maior violência que negar os sonhos a uma criança!
Recuso-me a acreditar que o mundo seja tão pobre, quando apenas uma semana de despesas militares pode levar todas as crianças para a escola. Recuso-me a aceitar que todas as leis e constituições e a polícia e os juízes sejam incapazes de proteger as nossas crianças. Recuso-me a aceitar que as grilhetas da escravatura possam alguma vez ser mais fortes do que a busca pela liberdade. Recuso-me a aceitar isso!”

(do discurso que proferiu em 10 de Novembro de 2014, quando recebeu o Prémio Nobel da Paz)

Kailash Satyarthi, activista indiano pelos direitos das crianças, Prémio Nobel da Paz em 2014, nascido em 11 de Janeiro de 1954 =