Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dia Internacional da Maçonaria e do Maçom


Imagem 1


O Dia Internacional da Maçonaria e do Maçom é comemorado no dia 22 de Fevereiro.
     Esta data foi escolhida porque neste dia  é comemorado o aniversário de George Washington, ilustre maçom que foi Presidente dos Estados Unidos da América, nascido em 1732.


Imagem 1: O Esquadro (símbolo da Virtude) e o Compasso (símbolo dos limites e da tolerância que devem ser mantidos por qualquer maçom em relação a outras pessoas, e especialmente em relação a outros maçons) são, talvez, os símbolos maçónicos mais conhecidos.
     A letra "G" e a letra "A" (formada pelo esquadro e compasso) significa "Grande Arquitecto do Universo", uma referência a Deus, criador de tudo o que existe. Na maçonaria, o conceito de "Grande Arquitecto do Universo" está além de qualquer credo religioso, respeitando toda a sua pluralidade. A crença num ser supremo é um ponto indiscutível para que se possa ser iniciado na maçonaria, uma realidade filosófica mas não um ponto doutrinal.


Origem:
     Entre os dias 20 a 22 de Fevereiro de 1994, realizou-se em Washington, capital dos Estados Unidos, a Reunião Anual dos Grão-Mestres das Grandes Lojas da América do Norte, com a presença de representantes das Obediências Grande Loja da Inglaterra, Grande Loja Nacional Francesa, Grande Loja Regular de Portugal, Grande Oriente da Itália e o Grande Oriente do Brasil, entre outras.
     No final dos trabalhos, o Grão-Mestre da Grande Loja Regular de Portugal, Fernando Paes Coelho Teixeira, propôs a fixação do dia 22 de Fevereiro como o Dia Internacional da Maçonaria e do Maçom, a ser comemorado por todas as Obediências reconhecidas, proposta que foi aprovado por unanimidade.


História:
No dia 22 de Fevereiro de 1732, em Bridges Creek, na Virgínia (EUA), nasceu GEORGE WASHINGTON, o principal artífice da independência dos Estados Unidos.
     Nascido pouco depois da Maçonaria nos Estados Unidos – que teve início em 23 de Abril de 1730, no estado de Massachussets, dois anos antes –  George Washington foi iniciado em 04 de Novembro de 1752, na "Loja Fredericksburg Nº: 04", de Fredericksburg, no estado da Virgínia; elevado ao grau de Companheiro em 1753, e exaltado a Mestre em 04 de Agosto de 1754.
     Representante da Virgínia no 1º Congresso Continental (1774) e Comandante das forças coloniais (1775) dirigiu as operações, durante os cinco anos da Guerra de Independência, após a declaração de 1776. Ao ser firmada a paz, em 1783, renunciou à chefia do Exército, dedicando-se então aos seus afazeres particulares.
George Washington
(pintura de Gilbert Stuart, 1797)
Em 1787, reunia-se, em Filadélfia, a Assembleia Constituinte, para redigir a Constituição Federal e Washington, que era um dos Delegados da Virgínia, é eleito por unanimidade para presidi-la.
     Depois de aprovada a Constituição, havendo a necessidade de se proceder à eleição de um Presidente, figura nova na política norte-americana, Washington, pelo seu passado, pela sua liderança e pelo prestígio internacional de que desfrutava, era o candidato natural e foi eleito por unanimidade, embora desejasse regressar à vida privada e dedicar-se às suas propriedades.
     O Primeiro Presidente Norte-Americano, GEORGE WASHINGTON, sendo um forte defensor da democracia, permitiu que o seu país emergisse como uma nação verdadeiramente voltada aos interesses do povo. Foi eleito por mais duas vezes ao cargo, mas após o final de seus mandatos, ele não tentou permanecer no poder. Estabeleceu a organizada e pacífica passagem de poder de um líder eleito para outro – um precedente que sempre permaneceu em vigor em toda a história dos Estados Unidos.
     O legado do primeiro presidente norte-americano continua até hoje. A capital do país, Washington D.C. (Distrito de Colúmbia), recebe seu nome. Uma nação agradecida reconhece que sua grandeza se deve em grande parte a homens como Washington, que lutaram para criar um país baseado nos ideais de “vida, liberdade e a busca pela felicidade”. Mesmo que a história americana não seja impecável, a nação provou ser uma fonte de liberdade, oportunidade e riqueza para norte-americanos e imigrantes de outras nações do mundo.

Mount Rushmore National Memorial, onde são representadas
as esculturas de (da esquerda para a direita) George Washington,
Thomas Jefferson, Theodore Roosevelt e Abraham Lincoln,
representando os 150 primeiros anos da História dos Estados Unidos.

     Como Presidente da República norte-americana, nunca esqueceu a sua formação maçónica: ao assumir o seu primeiro mandato, em Abril de 1789, prestou o seu juramento constitucional sobre a Bíblia da “Loja Alexandria Nº: 22″, da qual fora Venerável Mestre em 1788; em 18 de Setembro de 1783, como Grão-Mestre da Grande Loja de Maryland, colocou a primeira pedra do Capitólio – o Congresso Norte-americano – apresentando-se com todos os seus paramentos e insígnias de alto mandatário maçom.
     Faleceu em sua casa em 14 de Dezembro de 1799. O se funeral foi executado no dia 18 na sua propriedade de Mount Vernon, numa cerimónia fúnebre Maçónica, dirigida pelo Reverendo James Muir, capelão da “Loja Alexandria Nº: 22″, e pelo Dr. Elisha C. Dick, Venerável Mestre da mesma Oficina.


Fontes: