Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Alemanha

Bundesrepublik Deutschland
República Federal da Alemanha


Bandeira
Brasão de Armas








Localização:
Europa, Europa Central, Europa Ocidental



Origem / Pequeno resumo histórico:
     O termo "Alemanha" deriva do francês  Allemagne — terra dos alamanos — em referência ao povo germânico com o mesmo nome que vivia na actual região fronteiriça entre a França e a Alemanha e que durante o século V cruzou o Rio Reno e invadiu a Gália Romana. O país também é conhecido por Germânia, que deriva do latim Germania terra dos germanos.
     A região, chamada Germânia, era habitada por vários povos germânicos, sendo conhecida e documentada pelos romanos antes de 100 d.C. A partir do século X (ano 962), os territórios alemães formaram a parte central do Sacro Império Romano-Germânico, que durou até 1806. Durante o século XVI, o norte da Alemanha tornou-se o centro da Reforma Protestante, iniciada por Martinho Lutero (Martin Luther, 1483-1546), sacerdote católico agostiniano e professor de teologia germânico.
     Como um moderno estado-nação, o país foi unificado pela primeira vez em consequência da Guerra Franco-Prussiana em 1871.
     Em 1949, após a Segunda Guerra Mundial, a Alemanha foi dividida em dois Estados, a Alemanha Ocidental, oficialmente "República Federal da Alemanha" e Alemanha Oriental, oficialmente "República Democrática Alemã".
     A partir de 9 de Novembro de 1989, o Muro de Berlim, que dividia as duas Alemanhas, foi sendo destruído, culminando com a reunificação da Alemanha a partir de 3 de Outubro de 1990.
     O processo de reunificação da Alemanha revelou-se mais lento e oneroso do que o previsto, levando ao fim a era de Helmut Kohl. A Alemanha unificada entrou no século XXI encabeçada por Gerhard Schröder e depois por Angela Merkel, actual Chanceler Alemã desde 2005.
     A Alemanha é considerada uma grande potência. Possui a quarta maior economia do mundo por PIB nominal e a quinta maior economia em paridade do poder de compra. É o segundo maior exportador e o segundo maior importador de mercadorias. Em termos absolutos, a Alemanha atribui o segundo maior orçamento anual de ajudas ao desenvolvimento do mundo, enquanto está em sexto lugar em despesas militares. O país tem desenvolvido um alto padrão de vida e estabeleceu um sistema global de segurança social, ocupando uma posição-chave nos assuntos europeus. É igualmente reconhecido como líder científico e tecnológico em vários domínios.


Cultura / Personalidades:
     As contribuições da Alemanha para o património cultural mundial são incontáveis, o que leva alguns autores a acreditar no "Génio Alemão", celebrado na época do Romantismo, uma das fases da história da arte onde a Alemanha teve uma proeminência invejável. País conhecido por muitos como "das Land der Dichter und Denker" (a terra dos poetas e dos pensadores), a Alemanha foi o berço de vultos importantíssimos na história da arte.

     Artes plásticas - O gravador, pintor, ilustrador, matemático e teórico de arte alemão Albrecht Dürer (1471-1528) e o pintor renascentista germânico Lucas Cranach, o Velho (1472-1553), estavam entre os maiores artistas do Renascimento. O pintor Max Ernst (1891-1976) no Surrealismo; O pintor Franz Marc (1880-1916), na Arte Conceptual; Joseph Beuys (1921-1986), Wolf Vostell (1932-1998), e Bazon Brock (n. 1936) no neo-expressionismo.
     Com o advento do nazismo muitos intelectuais fugiram da Alemanha, devido às suas convicções políticas ou por serem de descendência judia. Os efeitos desta fuga ainda hoje se faz sentir na Alemanha.

     Música - Muitos alemães ainda reservam o símbolo cultural de sua música, como a Volksmusik (música popular alemã) e a música erudita alemã, popularmente chamada de música clássica, muito apreciada pelos alemães, motivados pelo facto de a grande maioria do músicos eruditos mais famosos serem alemães.
   
Ludwig van Beethoven
Johann Sebastian Bach (1685-1750), Johann Christian Bach (1735-1782), Carl Philipp Emanuel Bach (1714-1788), Georg Friedrich Händel (1685-1759), Carl Maria von Weber (1786-1826) e Wilhelm Furtwängler (1886-1954) são absolutamente paradigmáticos. Além destes, são ainda de destacar alguns dos músicos eruditos mais famosos: Félix Mendelssohn (1809-1847), Ludwig van Beethoven (1770-1827), Richard Wagner (1813-1883), Johannes Brahms (1833-1897), Carl Orff (1895-1982), Richard Strauss (1864-1949), Robert Alexander Schumann (1810-1856), Jacques Offenbach (1819-1880), etc.
Nasceram na Alemanha grandes compositores:
     Actualmente a música na Alemanha é muito marcada pelas influências do metal gótico,  heavy metal,  power metal e thrash metal, além das melodias de ópera. Grupos como o Tokio Hotel e Scorpions, são conhecidos mundialmente.


     Literatura - Na poesia: Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832), Friedrich Schiller (1759-1805) e Heinrich Heine (1797-1856), são alguns dos mais importantes poetas alemães.
     Na filosofia: Georg Wilhelm Friedrich Hegel (1770-1831), Karl Marx (1818-1883), Friedrich Nietzsche (1844-1900), Arthur Schopenhauer  (1788-1860) e Martin Heidegger (1889-1976) estão entre os mais importantes filósofos a nível mundial.
     Na teologia: Martinho Lutero (1483-1546), figura central da Reforma Protestante.

     Na escrita: Entre os escritores encontram-se Thomas Mann, Prémio Nobel da Literatura em 1929 (1875-1955),  Heinrich Mann (1871-1950), Klaus Mann (1906-1949), Herman Hesse, Prémio Nobel da Literatura em 1946 (1877-1962), Heinrich Böll, Prémio Nobel da Literatura em 1972 (1917-1985) e Günter Grass, Prémio Nobel da Literatura em 1999 (nasceu em 1927).
     Dramaturgos, como Gerhart Hauptmann, Prémio Nobel da Literatura em 1912 (1862-1946), Georg Büchner (1813-1837), Frank Wedekind (1864-1918), Ernst Toller (1893-1939), Peter Weiss (1916-1982) e Bertolt Brecht (1898-1956), possuem grande destaque na cultura da Alemanha.
     Os diários de Victor Klemperer (1881-1960) e de Anne Frank (1929-1945) dão uma visão do horror do período nazista.
     O mercado literário alemão produz aproximadamente 60.000 novas publicações anualmente. Isso representa 18% de todos os livros publicados no mundo e coloca a Alemanha como o terceiro maior produtor de livros a nível mundial. A Feira do Livro de Frankfurt é considerada a feira de livros mais importante no mundo para negócios e comércio internacional, com uma tradição que já dura há mais de 500 anos.

     Cinema - O cinema produzido na Alemanha é fortemente marcado por uma influência das tendências artísticas e vanguardas plásticas. O cinema alemão remonta aos anos iniciais com o trabalho de Max Skladanowsky, particularmente influente durante os anos da República de Weimar.      Igualmente importante é o trabalho de expressionistas alemães, como Robert Wiene e Friedrich Wilhelm Murnau. O director austríaco Fritz Lang, que se tornou cidadão alemão em 1926 e cuja carreira floresceu no período pré-guerra da indústria cinematográfica alemã, teve uma grande influência sobre o cinema de Hollywood. Seu filme mudo “Metrópolis” (1927) é referido como o nascimento dos filmes modernos de ficção científica.
     O Festival de Cinema de Berlim, realizado anualmente desde 1951, é um dos principais festivais de cinema do mundo. O mercado televisivo da Alemanha é o maior da Europa, com aproximadamente 34 milhões de casas com TV.

     Culinária - A cozinha alemã varia de região para região. As regiões do sul da Baviera e Suábia, por exemplo, compartilham uma cultura culinária com a Suíça e com a Áustria. A carne de porco, bovina e de aves são as principais variedades de carne consumida na Alemanha, sendo a carne de porco a mais popular. Em todas as regiões a carne é muitas vezes comida em forma de salsicha, sendo produzidos mais de 1500 tipos de salsicha.
     Apesar do vinho se tornar cada vez mais popular em muitas partes da Alemanha, a bebida alcoólica nacional é a cerveja. O consumo de cerveja alemã por pessoa está em declínio, mas, em 116 litros por ano, ele ainda está entre os mais altos do mundo. As variedades de cerveja incluem Alt, Bock, Dunkel, Kölsch, Lager, Malzbier, Pils e Weizenbier. 
     Entre 18 países ocidentais pesquisados, a Alemanha foi classificada na 14ª posição na lista de consumo per capita de refrigerantes em geral, enquanto o país ocupa o terceiro lugar no consumo de sumos de frutos. Além disso, a água mineral gaseificada e Schorle (misturado com sumo de frutas) são muito populares na Alemanha.

Oktoberfest

     A Oktoberfest é o maior Festival de Cerveja do mundo. Realiza-se anualmente em Munique, atraindo cerca de 6 milhões de visitantes.

     Desporto - Os desportos formam uma parte integral da vida alemã. Vinte e sete milhões de alemães são membros de um clube desportivo e mais de doze milhões praticam desporto individualmente. O futebol é o desporto mais popular. Com mais de 6,3 milhões de membros oficiais, a Federação Alemã de Futebol (Deutscher Fußball-Bund) é a maior organização desportiva de seu tipo no mundo. A Bundesliga atrai a melhor média de público de qualquer liga desportiva profissional no mundo. A Selecção Nacional de Futebol Alemã venceu o Campeonato do Mundo da FIFA em 1954,  1974, 1990 e 2014 e o Campeonato Europeu de Futebol em 1972,  1980 e 1996. A Alemanha foi sede da Copa do Mundo da FIFA em 1974 e 2006, e do Campeonato Europeu de Futebol em 1988. Entre os mais bem sucedidos e conhecidos futebolistas estão Franz Beckenbauer, Gerd Müller, Jürgen Klinsmann, Lothar Matthäus e Oliver Kahn.
     O Andebol, Voleibol, Basquetebol, Hóquei no Gelo e Ténis estão entre os desportos populares.
     A Alemanha é um dos países líder em corridas no mundo. Carros, equipas e pilotos vencedores de corridas surgiram da Alemanha. O mais bem sucedido piloto de Fórmula 1 na história, Michael Schumacher, estabeleceu os mais significantes recordes na sua modalidade. Construtores como BMW, Sauber F1 Team e Mercedes Grand Prix estão entre as principais equipas no patrocínio de corridas. A Deutsche Tourenwagen Masters é uma série popular na Alemanha. Actualmente, o grande nome da Alemanha na Fórmula 1 é o piloto Sebastien Vettel, campeão nas temporadas  2010, 2011, 2012 e 2013 pela equipa Red Bull Racing


Principais recursos naturais:
Ferro, carvão, potassa, madeira, lignite, urânio, cobre, gás natural, sal, níquel e terra arável.


Dia Nacional:
3 de Outubro - Dia da Unidade Alemã - Comemora a reunificação da Alemanha, em 1990.



Símbolos nacionais:
Bandeira Nacional;
Brasão de Armas;
Hino Nacional (Das Lied der Deutschen - A Canção dos Alemães, ou Deutschlandlied - Canção da Alemanha);
Insígnia da Força Aérea Alemã.

Insígnia da Força Aérea Alemã


Lema:
Einigkeit und Recht und Freiheit
(União e Justiça e Liberdade)


Imagens de Berlim, capital da Alemanha


Capital:                                                                                       Língua Oficial:
Berlim                                                                                        Alemão


Moeda Oficial:                                                                       Tipo de Governo:
Euro (desde 2002)                                                                República Federal Parlamentarista


Data de entrada como membro da ONU:
18 de Setembro de 1973


Data de entrada como membro da União Europeia (UE):
25 de Março de 1957 (membro fundador)


Organizações / Relações Internacionais:
  • ONU - Organização das Nações Unidas;
  • NATO / OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte;
  • UE - União Europeia;
  • APCE - Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa;
  • UME - União Monetária Europeia;
  • CE - Conselho da Europa;
  • OSCE - Organização para a Segurança e Cooperação na Europa;
  • OMC - Organização Mundial do Comércio;
  • G7 - Grupo dos sete Países mais industrializados e desenvolvidos do mundo;
  • G7+5 - Grupo dos sete países mais industrializados do mundo mais o grupo de cinco países mais desenvolvidos;
  • G10 - Grupo de onze economias desenvolvidas;
  • G20 (países industriais, maiores economias);
  • FMI - Fundo Monetário Internacional;
  • OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico;
  • OIV - Organização Internacional da Vinha e do Vinho;
  • TA - Tratado da Antárctida;
  • AIE - Agência Internacional de Energia;
  • CERN - Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear;
  • ICO - Organização Internacional do Café;
  • COI - Comité Olímpico Internacional;
  • IPU - União Inter-Parlamentar;
  • IRU - União Internacional de Transportes Rodoviários;
  • OCEMN - Organização de Cooperação Económica do Mar Negro (observador);
  • AG - Grupo Austrália;
  • GFN - Grupo de Fornecedores Nucleares;
  • INTERPOL - Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • MIGA - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • OCDE - Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico;
  • OPCW - Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • OSCE - Organização para a Segurança e Cooperação na Europa;
  • PCA - Tribunal Permanente de Arbitragem;
  • WCO - Organização Mundial das Alfândegas;
  • UIC - União Internacional dos Caminhos-de-Ferro;
  • PSIWMD - Iniciativa de Segurança contra a Proliferação de Armas de Destruição Maciça;
  • IRENA - Agência Internacional para as Energias Renováveis;
  • IUCN - União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais;
  • TEDH - Tribunal Europeu dos Direitos Humanos;
  • IHO - Organização Hidrográfica Internacional;
  • UPM - União para o Mediterrâneo;
  • UIHJ - União Internacional dos Oficiais de Justiça;
  • CLIMS - Comité de Ligação Internacional dos Organismos Militares Sociais;
  • OIM - Organização Internacional para as Migrações;
  • RAMSAR - Convenção sobre as Zonas Húmidas de Importância Internacional;
  • UNIDROIT - Instituto Internacional para a Unificação do Direito Privado;
  • TPI - Tribunal Penal Internacional;
  • WIPO - Organização Mundial da Propriedade Intelectual.

Frankfurt, principal centro financeiro da Alemanha e da União Europeia


Património Mundial da UNESCO:
  • Catedral de Aachen (1978);
  • Catedral de Speyer (1981);
Residência de Würtzburg (UNESCO)
  • Residência de Würtzburg com os jardins do palácio e praça da residência (1981);
  • Igreja de Peregrinação de Wies (1983);
Igreja de Peregrinação de Wies (UNESCO)

  • Castelos de Augustusburg e de Falkenlust em Brühl (1984);
  • Catedral de Santa Maria e Igreja de São Miguel em Hildesheim (1985);
  • Monumentos Românicos, Catedral de São Pedro e Igreja de Nossa Senhora em Trier (1986);
Monumento Românico Porta Negra, em Trier (UNESCO)
  • Cidade Hanseática de Lübeck (1987);

Cidade Hanseática de Lübeck (UNESCO)
  • Fronteiras do Império Romano (1987, 2005, 2008) (sítio internacional com o Reino Unido);
  • Palácios e Parques de Potsdam e Berlim (1990, 1992, 1999);
  • Abadia e Altenmünster de Lorsch (1991);
  • Minas de Rammelsberg e Cidade Histórica de Goslar (1992);
  • Complexo do Mosteiro de Maulbronn (1993);
  • Cidade Histórica de Bamberg (1993);
  • Igreja da Colegiada, castelo e Centro Histórico de Quedlinburg (1994);
Centro Histórico de Queddlinburg (UNESCO)
  • Siderurgia de Völklingen (1994);
  • Sítio fossilífero de Messel (1995);
  • Catedral de Colónia (1996);
  • Bauhaus e seus sítios em Weimar e Dessau (1996);
  • Memoriais a Lutero em Eisleben e Wittenberg (1996);
  • Weimar Clássica (1998);
  • Museumsinsel (Ilha dos Museus), Berlim (1999);
Museumsinsel, Ilha dos Museus, Berlim (UNESCO)
  • Castelo de Wartburg (1999);
  • Reino dos Jardins de Dessau-Wörlitz (2000);
  • Ilha de Reichenau (2000);
  • Complexo Industrial da Mina de Carvão de Zollverein, em Essen (2001);
  • Vale do Alto Médio Reno (2002);
  • Centros Históricos de Stralsund e Wismar (2002);
  • Câmara Municipal e Estátua de Rolando no Mercado de Bremen (2004);
  • Parque Muskauer-Muzakowski (2004) (sítio transfronteiriço com a Polónia);
  • Cidade Antiga de Regensburg e Stadtamhof (2006);
Cidade Antiga de Regensburg (UNESCO)
  • Propriedades residenciais modernistas de Berlim (2008);

Propriedades residenciais modernistas de Berlim (UNESCO)
  • Mar de Wadden (2009) (sítio transfronteiriço com os Países Baixos);
  • Fábrica Fagus em Alfeld (2011);

Sítio Palafíticp pré-histórico dos Alpes (UNESCO)
  • Sítios Palafíticos pré-históricos em redor dos Alpes (2011) (sítio internacional em 6 países: Alemanha, Áustria, França, Itália, Eslovénia e Suíça);
  • Casa da Ópera Margrave de Bayreuth (2012);
  • Parque Bergpark Wilhelmshöhe, Kassel (2013). 

Vale do Alto Médio Reno (UNESCO)


Catedral de Colónia (UNESCO)


Fonte:
Wikipédia, a enciclopédia livre.