Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Madagáscar

République de Madagascar
Repoblikan'i Madagasikara
República de Madagáscar




Bandeira

Brasão de Armas






















Localização:
África, África Oriental.
País megadiverso (que alberga um dos maiores índices de biodiversidade da Terra)


Origem / Pequeno resumo histórico:
Origem do nomeMadagáscar era o nome que o André Filipe Passos Jerónimo deu à ilha (1502) e deriva do latim medieval: era o nome de uma ilha imaginária na região por volta de 1500 que identificou a Madagáscar actual. Por sua vez, o nome latino, derivado de "Madeigascar" (também Madagosho, Madagascar), que era o nome de um reino insular Africano mencionado por Marco Polo no seu livro, no Século XIII.

Embarcação tradicional de Madagáscar

História – A população que vive em Madagáscar resulta da mistura de povos malaio-indonésios que chegaram à ilha no primeiro milénio da era cristã com os habitantes que tiveram origem na região entre a África e a Península Arábica. No Século XII foram estabelecidos em seu litoral os comerciantes que vieram da Arábia. O primeiro descobridor europeu da ilha foi o português Diogo Dias, em 1500. No Século XVI, diversos portugueses, holandeses e franceses tentaram a implementação fracassada de colónias no litoral de Madagáscar. No Século XVII um núcleo no norte da ilha foi estabelecido com sucesso pela França, mas o poder monárquico dos hovas limitou a esfera de influência francesa no planalto central. Nesse mesmo século e no princípio do Século XVIII, Madagáscar foi ponto de frequência de piratas, como John Avery, capitão Misson e William Kidd.
A constituição dos vastos reinos de Madagáscar foi favorecida pelo comércio de escravos e armas. Após a Segunda Guerra Mundial, a ilha foi elevada à categoria de território ultramarino da França, sendo bem representada no parlamento da metrópole. Em 1958 teve a sua autonomia adquirida dentro da Comunidade Francesa e dois anos depois foi declarada a sua independência, com o nome de República Malgaxe. Na década de 1970 as relações com a França foram deterioradas e os malgaxes revoltaram-se contra os imigrantes vindos das ilhas Comores. A maioria dos imigrantes morreu e os que sobreviveram foram expulsos.



Lémur de cauda anelada, uma das cem espécies de
lémures existentes somente em Madagáscar


Cultura:
A festa mais importante em todo o território malgaxe é feita no dia 26 de Junho, quando se celebra a festa da independência de Madagáscar. As tradições e costumes dos malgaxes, em especial no centro da ilha, possuem pontos em comum com os povos do sul da Ásia.



Árvore do viajante, uma das espécies endémicas de Madagáscar


Principais recursos naturais:
Titânio, madeira, agricultura diversa.


Datas comemorativas:
Dia da Independência – 26 de Junho – Celebra a data da independência, da França, em 1960.



Avenida dos Baobás, espécie endémica de Madagáscar em vias de extinção


Símbolos nacionais:
Bandeira;
Brasão de Armas;
Hino Nacional – "Ry Tanindrazanay malala ô!" ("Ó Nossa Pátria Amada!")


Lema:
"Tanindrazana, Fahafahana, Fandrosoana" - ("Pátria, Liberdade, Progresso")


Capital:                                                              Línguas oficiais:
Antananarivo                                                   Malgaxe, francês


Vista parcial de Antananarivo, capital de Madagáscar


Moeda oficial:                                                 Tipo de Governo:
Ariary (MGA)                                                    República semi-presidencialista


Data de admissão como membro da ONU (Organização das Nações Unidas):
20 de Setembro de 1960.


Organizações / Relações internacionais:
  • ONU – Organização das Nações Unidas;
  • ANWFZ – Tratado Africano para a Formação de uma Zona Livre de Armas Nucleares;
  • BAFD – Banco Africano de Desenvolvimento;
  • BIRD – Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento;
  • COI – Comité Olímpico Internacional;
  • COMESA – Mercado Comum da África Oriental e Austral;
  • Grupo dos 77 – Nações em desenvolvimento;
  • ICO – Organização Internacional do Café;
  • INTERPOL – Organização Internacional de Polícia Criminal;
  • MIGA – Agência Multilateral de Garantia de Investimentos;
  • MNA – Movimento dos Países Não-Alinhados;
  • OIF – Organização Internacional da Francofonia;
  • OIM – Organização Internacional para as Migrações;
  • OMC – Organização Mundial do Comércio;
  • OPCW Organização para a Proibição de Armas Químicas;
  • PCA Tribunal Permanente de Arbitragem;
  • RAMSAR Convenção sobre as Zonas Húmidas de Importância Internacional;
  • SADC Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral;
  • UA – União Africana;
  • WCO – Organização Mundial das Alfândegas;
  • WIPO – Organização Mundial da Propriedade Intelectual.


Património Mundial (UNESCO):

  • Reserva Natural Integral do Tsingy de Bemaraha (1990);

Reserva Natural Integral do Tsingy de Bemaraha (UNESCO)

  • Colina Real de Ambohimanga (2001);

Palácio de Ambohimanga (UNESCO)

  • Floresta Tropical Húmida de Atsinanana (2007);


Património Cultural e Imaterial da Humanidade (UNESCO):

  • Trabalhos e artesanato em madeira da comunidade Zafimaniry (2008).

Fonte:
Wikipedia, a enciclopédia livre

Sem comentários :

Enviar um comentário